Conheça a demografia das mídias sociais [2018]

Nós da Twist já falamos aqui sobre como informações estatísticas relacionadas à demografia das redes socias são importantes na construção de estratégias de marketing de seu negócio. Isso nada mais é do que conhecer quem são os usuários dessas redes e, desse modo, fazer campanhas específicas para determinados segmentos.

Se a postagem citada acima mostra a análise do ano de 2017, mostraremos agora como essa demografia se apresentou no ano de 2018. A pesquisa nas duas ocasiões foi feita pelo centro de pesquisas estadunidense Pew Research Center. Antes de apresentar o escrutínio realizado, separamos alguns dados gerais interessantes do seu Global Digital Report 2018.

  • O número de usuários de internet no mundo em 2018 era de 4.021 bilhões, um crescimento de 7% por ano;

  • O número de usuários de mídias sociais no mundo em 2018 era de 3.196 bilhões, um crescimento de 13% por ano;

  • O número de usuários de celular em 2018 era de 5.135 bilhões, um crescimento de 4% por ano.

Agora vamos para os dados gerais de cada uma das redes sociais apresentadas na pesquisa.

Facebook

A rede tem 2 bilhões de usuários ativos por mês, dos quais 52% são mulheres e 48% são homens. Por idade, ela se divide da seguinte forma:

  • 88% dos usuários têm entre 18 e 29 anos;

  • 84%, de 30 a 49;

  • 72%, de 50 a 64;

  • 62%, de 65 para cima.

Isso mostra que a rede se tornou um espaço fértil para que millenials e aqueles pertencentes à geração x compartilhassem conteúdo entre si. Outro dado interessante é que 75% dos usuários passam mais de 20 minutos por dia no Facebook. Mensalmente, são 90 milhões de usuários que a acessam via desktop e 179 milhões que o fazem via mobile.

Instagram

A principal rede de compartilhamento de fotos possui 800 milhões de usuários ativos por mês e 500 milhões por dia, dentre estes 58% são mulheres e 42% são homens. Ao segmentar a rede, descobriu-se que:

  • 59% dos usuários têm entre 18 e 29 anos;

  • 33%, de 30 a 49;

  • 13%, de 50 a 64;

  • 8%, de 65 para cima.

Podemos concluir que o uso deste por pessoas de mais de 65 anos é bem inferior ao do Facebook, o que mostra que o Instagram é mais acessado por adolescentes e jovens adultos. Segundo a pesquisa 53% dos jovens e adolescentes dizem que esta é a melhor plataforma para divulgação de novos produtos. Em média, seus usuários passam 15 minutos diários nela e, em um mês, há 21 milhões de acessos via desktop e 91 milhões via mobile.

Em 2018 as contas mais seguidas foram a da cantora e atriz Selena Gomez com 130 milhões de seguidores, seguida de Cristiano Ronaldo com 116 milhões e Ariana Grande com 115 milhões.

Pinterest

O Pinterest tem 200 milhões de usuários ativos por mês, divididos em uma proporção de 60% do sexo feminino e 40% do masculino - atualmente, a faixa que mais tem crescido no site. Além disso:

  • 36% dos usuários têm entre 18 e 29 anos;

  • 34%, de 30 a 49;

  • 28%, de 50 a 64;

  • 16%, de 65 para cima.

80% dos usuários millenials dizem que o Pinterest os ajuda a achar coisas que eles querem comprar66% das mulheres entre 25 e 54 anos o utilizam e geralmente os visitantes gastam uma média de 14,2 minutos na rede social a cada visita. São 27 milhões usuários por mês via desktop e 70 milhões via mobile.

Twitter

A rede de microblogs tem um total de 317 milhões de usuários ativos por mês, divididos entre 47% do sexo feminino e 53% do masculino. Por idade:

  • 36% dos usuários têm entre 18 e 29 anos;

  • 23%, de 30 a 49;

  • 21%, de 50 a 64;

  • 10%, de 65 para cima.

29% dos estadunidenses com diploma do ensino superior usam o Twitter. 84% de seus usuários o utilizam para achar cupons, ideias e para assuntos de negócios. 75% destes checam sua o site diariamente para saber sobre as novidades que os interessam. São 82 milhões de usuários mensais via desktop e 31 milhões via mobile. Diariamente, seus usuários gastam uma média de 2,7 minutos de seu dia na rede. As contas mais seguidas pertencem à cantora Katy Perry, com 106 milhões de seguidores, ao cantor Justin Bieber com 103 milhões, e ao ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama, com 97 milhões.

LinkedIn

A rede possui um total de 106 milhões de usuários ativos por mês, dos quais 54% são homens e 46%mulheres. Por faixa etária, temos que:

  • 36% dos usuários têm entre 18 e 29 anos;

  • 34%, de 30 a 49;

  • 28%, de 50 a 64;

  • 16%, de 65 para cima.

Usuários gastam, em torno, 17 minutos em cada visita à rede. São 60 milhões usuários por mês via desktop e 20 milhões via mobile. As contas mais seguidas pertencem ao empresário Richard Branson com 13 milhões de seguidores, ao Bill Gates, com 11 milhões, à Arianna Huffington, com 6,5 milhões - logo, infere-se que esta rede é bem diferente das acima citadas, voltada para negócios e para o mercado de trabalho.

YouTube

Em número de usuários, o YouTube fica logo atrás do Facebook, sendo a segunda com maior número de acessos mensais, contabilizando 1 bilhão, ao todo. Dos usuários, 45% são do sexo feminino e 55%, do masculino, que por idade se dividem em:

  • 11% dos usuários têm entre 18 e 24 anos;

  • 23%, de 25 a 34;

  • 16%, de 35 a 45;

  • 24%, de 46 a 64;

  • 3%, de 65 para cima.

O YouTube atinge mais a porção estadunidense que vai dos 18 ao 49 anos do que qualquer outra rede social. Pessoas gastam em média 40 minutos por dia nele, um tempo muito mais alto do que o de qualquer outra aqui citada. Por minuto, 2 milhões de vídeos são assistidos - mais da metade, via mobile. Os canais com maior número de inscritos são o humorístico PewDiePie, com 54 milhões de inscritos, o também humorístico HolaSoyGerman, com 32 milhões, e o JustinBieberVEVO, também com 32 milhões.

Curiosidades

Ainda segundo a pesquisa, os canais mais rentáveis para o comércio são o Facebook, o Instagram e o Pinterest, enquanto que, em se tratando de entretenimento, estes dois últimos são substituídos pelo Twitter e pelo YouTube. Para os millenials, que representam de fato os heavy users, as melhores redes são o Facebook e Instagram. Para alcançar a audiência masculina, e o YouTube é o melhor lugar.

No Brasil

O gráfico acima mostra a proporção de indivíduos de um país que possuem um celular frente à sua população, permitindo-nos ver que a população brasileira é heavy user de plataformas mobile. Se compararmos com a pesquisa de 2017 já citada, veremos que o número de usuários só aumenta: a única tendência da qual se pode ter certeza é o crescimento.

Continue ligado em nosso blog para mais atualizações como essa. Se achar que nós temos as soluções certas para o monitoramento e mapeamento das mídias sociais de seu negócio, fale conosco!

Se inscreva na nossa newsletter